terça-feira, 20 de janeiro de 2009


Melissa

Cantei loas aos Vates
Canções cantei aos Aedos
e poetas meus amigos

Canto agora à luz dos
teus olhos
incessante poesia

sem palavras canta
versos secretos

exalam rimas teus
dedos pequeninos

e sorrindo nos empresta
alegria, em asas de metáfora...

FOTO, Georgio Rios.2009

4 comentários:

  1. Belo poema.
    Em conjunto com a foto lembra uma doce canção de ninar.


    Até

    ResponderExcluir
  2. linda homenagem... poesia em forma de sorriso!

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida esse é um sonho de veias abertas.
    Esse mais um ser a poetizar.
    Minha matéria de poesia e fé sempre.
    Marie

    ResponderExcluir
  4. Lindo, Georgio, o poema e o sorriso da pequena Melissa!

    ResponderExcluir