sexta-feira, 31 de julho de 2009

RAIZES





As raizes
reais fundamentos do mundo
aéreo das pequenas árvores
que cultivo.

Produzir o dia
dos galhos e da tarde observar
as nuanças do ocaso contido
em cada tarde das minhas lembranças...

Imagem; www.flirck.com




segunda-feira, 27 de julho de 2009

UMA SEGUNDA DE CORRERIA...


ENSINAMENTOS


Soprar os elementos,as carnes,
soprar as bolas dos aniversários
eliminar os adversários invisíveis,
atirando projéteis de rica poesia.

Esta é a minha guerra diária,
fugir da ordinária marcha,

desertar a
marcha arredia.

O destino é
seguir as notas da música secreta,
abraçar os feridos da guerra invisível.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Onde os olhos vibram

OBSERVAÇÃO

Olhar,
olhar profundo, para além do mar,
para além das tardes,
para a dança dos galhos das árvores,
parar na dança das folhas,
descendo... Descendo...

Entre o outono
e os outros pórticos,
as nuanças, as cores,
a insistência de certos
rostos, o gris da tez,
das pequeninas palavras
ditas.
Seu som em baile
de
leitura cega
do leite que emana dos
seios tenros,
luzes rutilantes
que embotam os traços
das antigas fotografias.

domingo, 19 de julho de 2009

FORMA BRUTA



Tudo é sólido
ou sórdido, tem algo de aturdido,
sons,
ganido de cachorro acuado...

Entre a TV e o óbvio,
o óbolo das páginas,
amareladas pelo tempo do não lido.

A lida de aportar

em mares longínquos,

na navegante ondulação das lombadas

dos livros...


Livros são flores que desabrocham

nas mãos atentas...


IMAGEM: Flirck

terça-feira, 14 de julho de 2009

PARA A AMIGA DAS DELICADAS FÁBULAS ELIANA MARA CHIOSSI



PEQUENA PEÇA


Nadar na superfície líquida da página
sem nada, nenhuma fronteira que me impeça,
sem nenhuma onda que não me leve adiante,
neste naufrágio voluntário, lanço garrafas de náufrago
ao mar aberto dentro de cada inscrição, cada linha,
o espaço plano do espelho, dobras deste labirinto...

Entre estes procedimentos, sobre o vidro da janela
a projeção destes travelings, na inquietude da noite fria...


IMAGEM :http://www.flickr.com/photos/mguilherme/425721435/



quinta-feira, 9 de julho de 2009

Risco



Estar no mundo como um inseto
no bico do pássaro...

Num passeio rápido, plástico
ao desconhecido.

Um rasante vôo,
de ver o azul que
reparte os céus.

Estar no mundo, como
numa foto, em que o tempo,
infestado de imagens,
nos apresenta uma cena.

Ontem a noite, fui atropelado por um carro que nem farol aceso tinha. Minha esposa, gestante de quatro meses, estava na garupa da bicicleta. Felizmente, não tivemos nada grave e nosso bebê está bem.Graças a Deus!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Para minha esposa

Coincidência

Para Herbênia

Canto às tuas mãos

que direção deram aos meus olhos,

para que vissem a ti, e tão somente.

E minha, a boca só a ti louvor deixaste.

Pelas carícias que me deram tua lembrança,

a vasta área do espelho,

e labirintos e caminhos,

que a ti saiam .

E mesmo depois, já com a morte,

e as suas músicas doloridas, eternizarão

a tua presente memória...