segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Depois de um dia de chuva!!!


MUDANÇA

A tarde é a isca para alimentar as feras,

Invólucros

das férias que ansiamos,

enquanto os ventos apascentam os galhos.


Elementos do exercício das dobras.


Lá fora, entre as altas cavas dos prédios,

a precipitação das aves

migrando,

a pressa dos homens

marchando,

para a morte certa de cada sono.


IMAGEM:http://www.flickr.com/photos/talesedu/3032418739/


2 comentários:

  1. Que beleza de poema! Esse é o tom maior do Georgio Rios. Parabéns, poeta. Abraços.

    JIVM

    ResponderExcluir