terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Depois da Chuva, Por gerana Damulakis


Gerana Damulakis


Acabei a leitura do livro de poemas de Georgio Rios, Depois da chuva (futurArte, 2009), o qual, seguramente, coloca o poeta com um lugar garantido nas letras baianas. As "orelhas" estão assinadas por Gustavo Rios, autor do ótimo O amor é uma coisa feia (7Letras, 2007), coletânea de contos que comentei aqui no Leitora. Gustavo acertadamente realça: "O cara que escreveu esse livro está em formação. Inacabado e sugestivo. Como toda boa literatura deve ser. Lírico, sutil, com domínio da tal técnica, que serve para se fazer entender: poeta, portanto. Para dar o recado pro mundo que dorme..."

É fato que há uma estrada pela frente para Georgio Rios percorrer, mas, sem dúvida, ele a percorrerá porque já está caminhando e carregando a bagagem necessária. Seus pés estão bem plantados no chão e, do sentido do dia a dia que se vai vivendo, ele retira a poesia do cotidiano. Pode um vento passar e o poeta sentir esse vento e fazê-lo poema, mas na totalidade é da reflexão do que ocorreu, do que está ocorrendo, que Georgio cria seus versos.
Um bom exemplo:


PONTE
--------Georgio Rios

Sobre a velha ponte
fiz passar meus medos.

Em fila,
os tangi para o outro lado.

Um breve aceno,
uma despedida.

Pela outra
rua,
meus novos medos
chegavam...

E eu não abri a porta...


TEXTO DISPONÌVEL EM:http://leitoracritica.blogspot.com/2010/02/depois-da-chuva.html

6 comentários:

  1. Oi, George, o meu chegou tb. Te digo assim que terminar de ler. Gostando muito!

    ResponderExcluir
  2. Georgio desejo sucesso em seu livro novo! Gostei do new look desse mondus operandi. Beijo

    ResponderExcluir
  3. Muito sucesso, meu amigo poeta!
    Sou admiradora da capacidade crítica da Gerana e se ela avalia tão bem, o teu livro deve ser óptimo.
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Adorei o livro de Geogio!

    Recomendo!

    Parabéns, POETA!

    Beijos

    Mirse

    ResponderExcluir
  5. Ótimo texto da Gerana sobre teu magnífico trabalho. Parabéns, meu amigo.

    ResponderExcluir