quinta-feira, 29 de abril de 2010

RESENHA DO MACROMUNDO



AQUI VOCÊ PODE LER A RESENHA QUE ESCREVI SOBRE O LIVRO DO POETA E AMIGO WLADIMIR CAZÉ

AQUI VOCÊ PODE VER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O ESCRITOR E O LIVRO!

domingo, 18 de abril de 2010

Um tratado



NO VENTRE DAS PEDRAS


No âmago da perda o peixe

As entranhas expostas da pedra, peixe

Na substância liquida da profecia

No estomago o ser atônito

Fruto do vômito

As pernas da praia, devolução involuntária

De homem

A resposta liquida das pedras

Musicas carbônicas, em estilhaços

A brita das profundas entranhas do mar


Cada homem carrega a baleia e a praia

A baleia, baila no palco liquido do mar

Com sua jaula de entranhas, móvel cárcere

E a praia, cama, e porto dos homens destino das ondas

Destino, a praia suma e só, cenáculo e porto.







IMAGEM:http://www.flickr.com/photos/10352647@N03/4334855234/

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Chuva !


Quando tudo acaba

Quando a chuva desaba

Não damos conta das causas

Nem coletamos as coisas

o vôo dos ventos

Dão cabo das calhas das árvores

Que tombam em silêncio.



Isto é a chuva

Caindo, caindo em sua marcha de pingos

Enquanto homens dormem

Enquanto carros correm

Abrindo o pequeno mar de cada avenida.