domingo, 20 de junho de 2010

Música para olhos.


CANTILENA


Eu abro meu peito

Em tua direção

Canção de ventos a esculpir estradas.


Ouço o eco das gotas

Staccato furtivo

Que me move.


Ouço o passo exato das flores

A dança incerta das folhas

Soltas

Ante meus olhos

Abertos, na inquietação de

Esquecer,

Perdido.


Abandono as coisas

Que me cercam

Quando as tomo para mim.


imagem:Florival Oliveira


Um comentário: