domingo, 20 de fevereiro de 2011

Um dia de tédio morto em um poema!

DOMINGO

Hoje é domingo
Ultimo dia em aberto

Dia de encerrar sorrisos
E cerrar as portas

-cerrar las puertas-

Dia de fechar os
olhos e abrir infinitos

Hoje é domingo

A TV está ligada,
e os homens, se matam em silêncio.


3 comentários:

  1. Que verdade tão esteticamente captada!
    BJ

    ResponderExcluir
  2. Georgio!

    Forte, real e belo! Nunca tinha visto um poema seu falar de morte.

    LINDO!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  3. "A TV está ligada,
    e os homens, se matam em silêncio."

    De fato, uma verdade dolorosa. E silenciosa.

    ResponderExcluir