sexta-feira, 8 de abril de 2011

Uma sábia lição, um pequeno poema.


“A inteligência pouco tem a ver com a poesia. A poesia surge de algo mais profundo; está além da inteligência. Talvez não se ligue nem à sabedoria. È uma coisa à parte; tem uma natureza à parte. Indefinível”
 Jorge Luis Borges



MÍMICA
Pousa como pingo
Nas infindáveis flamas
A metáfora e o ritmo
Cada rito
Escadas e chamas
Todas estas espadas, aladas,
Cabem no vão da poesia.